Auto avaliação de uma cirurgia estética

Muitas pessoas procuram a cirurgia estética para se sentirem melhor consigo mesmas e com seu corpo. Funciona? Estudos sugerem que as pessoas geralmente ficam satisfeitas com os resultados de suas cirurgias estéticas e relatam melhora na autoestima, na confiança social e na qualidade de vida.

A cirurgia plástica pode não ser apropriada para todos. Se você está considerando a cirurgia estética, pergunte-se o seguinte:

Fonte: Reprodução: Pinterest

1. Por que você está considerando a cirurgia estética?

A razão mais saudável para fazer uma cirurgia estética é melhorar sua autoimagem, a maneira como você se sente sobre si mesmo. Pessoas com uma forte autoimagem são geralmente mais confiantes, eficazes em situações sociais e de trabalho e confortáveis ​​com seus relacionamentos.

2. Você está fazendo cirurgia plástica para agradar aos outros ou a si mesmo?

Certifique-se de que está considerando uma cirurgia estética para si mesmo. Você provavelmente ficará desapontado se fizer uma cirurgia estética para agradar a outra pessoa.

3. Suas expectativas são realistas?

Ter expectativas realistas pode ser o fator mais importante para alcançar um resultado bem-sucedido. A cirurgia plástica pode melhorar drasticamente sua aparência, mas tem limitações. Certifique-se de falar abertamente com seu cirurgião sobre seus objetivos e ouça se eles acham que esses objetivos são razoáveis.

4. Você está preparado emocionalmente para a cirurgia estética?

Em algumas situações, a cirurgia estética pode ser inadequada. Isso inclui quando você está passando por uma crise ou transtorno emocional, como divórcio, morte do cônjuge ou perda do emprego. Além disso, os cirurgiões relutam em considerar a cirurgia estética para pessoas deprimidas ou com outras doenças mentais, impossíveis de agradar ou obcecadas pela perfeição.

5. Agora é o melhor momento para a cirurgia estética?

Mesmo que esteja emocionalmente preparado para a cirurgia estética, você pode adiá-la se estiver preocupado com outros assuntos. Planeje sua cirurgia quando estiver relaxado e tiver tempo para se recuperar. Caso contrário, você pode enfrentar uma recuperação mais longa e difícil.

6. Como você se ajustará à mudança em sua imagem corporal?

Pode levar algum tempo para você se ajustar à nova imagem corporal. Isso é especialmente verdadeiro para procedimentos que criam uma grande mudança em seu rosto, como cirurgia de nariz (rinoplastia). Procedimentos como Botox ou preenchimento de rugas ou injeções volumizantes, que não envolvem cirurgia, podem ser mais fáceis de se acostumar.

7. Você está preparado para lidar com resultados inesperados?

Os cirurgiões plásticos, como todos os cirurgiões, não podem garantir os resultados. Resultados inesperados são raros, mas quando acontecem, são angustiantes para o paciente e o cirurgião. Você deve considerar o pior cenário possível e se está disposto a correr esse risco. Você também deve saber que, se os resultados não forem bons, levará tempo, paciência e uma confiança mútua entre você e seu cirurgião para trabalhar em prol da melhoria.

8. Você tem suporte?

É importante ter alguém para apoiá-lo física e emocionalmente durante sua recuperação. Perceba que pode haver dias em que você se sinta deprimido, à medida que passa pelo processo de cura. Cuidado com os comentários negativos de amigos ou familiares que podem ter problemas com sua decisão de mudar sua aparência. Pense em quem estará ao seu lado e recuse ofertas de ajuda daqueles que podem ser críticos de sua decisão.

Fonte: Reprodução: Pinterest

9. Você pode pagar uma cirurgia estética?

O seguro de saúde geralmente não cobre cirurgia estética. Certifique-se de saber todos os custos, as opções de pagamento, o que você pode pagar e quanto vale para você.

Fonte:https://pt.wikipedia.org/wiki/Cirurgia_pl%C3%A1stica#:~:text=A%20pessoa%20quando%20se%20submete,abano%2C%20ou%20uma%20mama%20fl%C3%A1cida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *